quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O bom senso foi pro espaço

Imaginem... você vindo do seu trampo, cansado, estressado, chatiado, com vontade de chegar em casa e antes disso tendo que enfrentar inumeras conduçoes até o retorno da sua maloca. No meu caso, que utilizo o trem o meio mais rápido que corta a cidade, subúrbio, interior e rapidamente (nem sempre, mas isso é para outro post). Além de enfrentar a viagem cansativa, quando você tem que encarar a galera na Central para entrar no no vagão do trem e lutar para arrumar um lugar, até aí tudo bem, tudo normal, quem encara essa condução sabe... é luta de gladiadores, uns empurrado outros para conseguir o seu espaço no baquinho, senhora dando cotoveladas, os manos pulando janelas, rsrs... até aí repito: NORMAL.
Mas o pior não é isso, e sim os sem-noções. Eu pergunto: como pode isso? Como pode uma pessoa magra, que nem eu, ocupar dois lugares? Eu morto cheio de cansaço, o fulano todo arreganhado no banco do trem pegando dois lugares!!!! Pelo amor de Deusssss!!!! rs... E não é só homem que faz isso não, o mundo estar deixando tudo igual, as mulheres também fazem isso. Mas, o mais chato é você educadamente falar para esses fulanos: "boa tarde amigo, sei que você tá cansado, eu também "tô", mas "cê" dar um espacinho aí pra eu sentar nesse canto aí."
Tipo a cara do sujeito que ouve isso de mim, é de PIT BULL(rsrs), só falta rosnar. O chato não é eu ter que falar e sim ser educado com esses ditos. Pelo amor de "DEUSEEEEE", bom senso isso não se usa. E outra bom senso para a Supervia, coloque os trens com bagageiros para mochilas, esses cacos velhos dos trens da antiga Flumitrem não servem mais!!!

Um comentário:

Jessinha disse...

A falta de educação e respeito para com os outros hoje em dia, é um hábito totalmente normal. Isso me revolta. Se a minoria contra-ataca(de forma sábia) julgam esse tipo de atitude como repreensível